Topics quentes fechar

Caras | Fernando Tordo faz revelações sobre o período em que esteve internado com o novo coronavírus

"Tive um covid violentíssimo", revela o cantor de 73 anos.
Fernando Tordo

Na tarde desta segunda-feira, 3 de maio, Júlia Pinheiro recebeu o cantor Fernando Tordo no seu programa da tarde na SIC. É a primeira vez que o cantor de 73 anos fala do internamento devido à covid-19, desde que recebeu alta em fevereiro de 2021. “Tive um covid violentíssimo. Felizmente só soube disso ao sair do hospital. Estive 28 dias hospitalizado”, começa por dizer Fernando Tordo.

A única vez que tive medo foi quando o médico que me recebeu no hospital disse-me que eu ia ficar internado”, disse o cantor, que revelou o motivo pelo qual teve medo: “Porque eu não sentia que estava assim tão mal”. Fernando Tordo disse que o seu estado de saúde foi piorando a cada dia, tendo que receber oxigénio no hospital. “O meu primeiro raio X é uma coisa indigna de se ver”, disse o cantor, que revelou que não tinha noção da gravidade do seu caso.

“Só recordo ter saído uma vez, fui a um estúdio de gravação e jantei num restaurante pequeno”, desabafa o cantor, que não sabe como pegou o vírus. Fernando Tordo disse que os primeiros sintomas que sentiu foram parecidos com uma gripe, mas com febre muito alta. “Tinha que respirar três ou quatro vezes para dizer uma frase”, revelou o cantor, que percebeu ali a necessidade de ir ao hospital.

“Estive à beira de ser entubado”, disse o cantor, que revelou que os médicos sabiam que o procedimento faria mal às cordas vocais, e optaram por outro tipo de tratamento, através de uma máscara. Fernando Tordo deixou o hospital a 22 de fevereiro de 2021 e já retomou a rotina de trabalho e concertos. O cantor revela que faz uso de um cilindro de oxigénio nos intervalos dos concertos. “Eu não ter morrido nesta, fiquei muito feliz. Porque há muitas coisas que eu ainda quero fazer”.

Pode também gostar de ler…
Shotes semelhantes
Shotes mais populares dessa semana